51 99981-7786 51 3366-0466

BENVINDO

Nosso objetivo é fazer você pagar menos pela energia que consome.

Nós vendemos economia.

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

A utilização racional de energia, às vezes chamada simplesmente de eficiência energética, consiste em usar de modo eficiente a energia para se obter um determinado resultado. Por definição, esta consiste da relação entre a quantidade de energia empregada em uma atividade e aquela disponibilizada para sua realização.

EFICIÊNCIA DOS SISTEMAS ENERGÉTICOS

A importância da sustentabilidade dos sistemas energéticos e sobretudo com a elevação dos preços relativos aos combustíveis emergiu a necessidade do uso racional da energia, quer no âmbito das empresas, quer no cenário residêncial. Na verdade, a utilização eficiente da energia é um objetivo a ser buscado em qualquer conjuntura, onde a conciliação dos custos de investimento e dos custos operacionais em bases corretas é sempre desejável. E, mesmo sabendo que promover a ciência energética não é mais que aplicar os conceitos da engenharia e análise econômica, a questão de implementar a adequada gestão dos fluxos energéticos tem formalizado uma abordagem própria com vantagens imediatas.

COMO CONSEGUIR ESTA EFICIÊNCIA

A eficiência depende de um estudo munucioso que irá promover o conhecimento do campo energético de forma pratica, empregando os conceitos já citados de forma a promover uma administração eficaz aos sistemas energéticos.

Talvez, a eficiência possa ser apenas parcialmente substituída por conhecimento, por informação, de modo a reduzir os desperdícios e melhorar o desempenho dos sistemas estudados. Esta informação ou conhecimento depende de análise dos fuxos de energia em um sistema particular e tem como objetivo discriminar as perdas e orientar para o uso racional destes fluxos. Tem como objetivo também, ser a base para possível programa de operação e manutenção deste mesmo sistema.

ENERGIA DE FONTES RENOVÁBEIS

As energias renováveis como a solar, eólicas e biodigestoras são alternativas disponíveis para serem aplicadas em situações específicas. Sua aplicabilidade depende de estudos que comprovarão sua eficácia em cada caso.

ENERGIA SOLAR

A energia solar, dentre as renováveis, é uma grande aliada na otimização e redução de custos de energia elétrica, mas sua aplicabilidade, deve ser estudada. Em muitos casos, novos procedimentos e equipamentos específicos com custo menor do que o exigido pela implantação da energia solar, se mostram tão ou mais eficiêntes. Observamos que a "divulgação de uso sem critérios", geram modismos extremamente interesantes para fabricantes de placas e equipamentos utilizados neste tipo de geração. Desta forma a orientação de profissionais livres de vícios e de soluções magicas certamente apontarão com absoluta insenção a necessidade de implantação destes sistemas ou não.

QUEM SOMOS

Nossa empresa está em operação a 30 anos, realizado trabalhos nas áreas de elétrica, mecânica, eletrônica e automação. Mais do que realizar trabalhos, aprendemos e desenvolvemos tecnologia que nos qualifica para analisar a eficiência de uso de energia em qualuqer tipo de instalação.

Assim na busca por um ponto ótimo de operação com a menor perda de energia possível, nosso trabalho tem como objetivo realizar uma AVALIAÇÃO ENERGÉTICA. Para tanto, são analisados dados dos sistemas energéticos onde são obedecidos procedimentos da seguinte forma:

1 - Os procedimentos são padronizados e normalizados.

2 - Objetiva-se um diagnóstico do consumo de energia elétrica.

3 - Avalia-se os pontos de desperdício de energia.

4 - Estuda-se a otimização energética com sugestões de melhorias.

5 - Sugere-se a operação/manutenção dos sistemas energéticos objetivando diminuir perdas.

Para emitir esta avaliação, nos cercamos de instrumentação que permitem um diagnóstico bastante preciso dos consumos efetivamente realizados. Inclusive com uso de termovisão.

Nas instalações elétricas é possível identificar perdas em praticamente todos os tipos de equipamentos desde a subestação transformadora, passando por motores, ventiladores, ar condicionado, fornos e sistema de iluminação/tomadas. Se necessário sugerimos e realizamos manutenção em subestações e grupo geradores.

Nas instalações de GLP/GNV usados em fornos e caldeiras, a análise tem demostrado que é possível otimizar o uso destes equipamentos de forma a aumentar sua eficiência.

Aguardamos seu contato e colocaremos a sua disposição uma equipe qualificada que com certeza lhe apresentará a melhor forma de evitar disperdicio de todos os típos de energia.

PERGUNTAS FREQUÊNTES

1 - Se trocar lâmpadas fluorescente por LED estou economizando energia?
Há economia sim. Você estará diminuindo o consumo de energia com certeza, mas a eficiência energética se consegue com redução de perdas e trocar lâmpadas por LED não garante que estas foram reduzidas.

2 - Não entendi, trocando uma fluorescente de 36 W por um LED de 18 W, não estou tendo eficiência energética?
Isto mesmo, você pagará menos energia mas não terá eficiência ou redução de perdas. Para se ter uma idéia, um LED de 18 W de boa procedência ou seja de fabricante nacional que precisa certificar seu produto na verdade consome entre 20 W e 26 W. Um LED importado (China) de 18 W dependendo do fabricante consome em média 30 W.

3 - Então para ter eficiência energética tenho que trocar todos os meus LED que são da China?
Depende, se você tiver até 30 LED de 18 W, não compensa pois o valor gasto na troca demora um pouco para retornar. Mas se tiver um numero maior que 30 LED, deve considerar a troca pois as perdas são bem consideráveis. Para mais de 30 LED, as perdas podem representar o uso destes mesmos LED por 30 dias. As perdas aumentam proporcionalmente com a potência do LED, quantidade e tempo de operação. Além disto os LED geram harmônicas que podem ser entendidas como ruído na rede elétrica e estes ruídos, aumentam em muito as perdas em toda a instalação.

4 - E quanto aos ar condicionados é possível reduzir perdas?
Ar condicionados, são equipamentos que consomem muita energia. Em teoria, as perdas destes equipamentos são minimizadas ao máximo na fábrica. Porem na pratica tem se observado que nem todos os fabricantes tem esta preocupação. Devido a sua característica, eles possuem um motor compressor ou seja uma carga indutiva que quando ligado precisa de um tipo de energia, chamada de energia reativa. A presença desta energia aumenta as perdas. Nas instalações onde existem LED que geram ruídos (harmônicas) a diminuição do rendimento é certa. Isto quer dizer que um aparelho com potência de 12000 BTU/h, na verdade fornece 10000 BTU/h de potência consumindo muito mais energia porque funciona mais tempo para chegar na temperatura desejada. Observe que esta energia perdida, poderia ser utilizada para outros fins.

5- E tem redução de perdas em refrigeradores e câmaras frigoríficas?
O refrigerador ou a câmara frigorifica merecem atenção especial na análise da eficiência devido as cargas térmicas envolvidas. Estes equipamentos tem o comportamento igual ao ar condicionado, possuem motores compressores que utilizam energia reativa e ainda podem estar sujeitos a ação de ruídos (harmônicas) aumentando o desperdício. Com análise destas perdas e aplicação de correções, podemos aproveita-las como energia útil.

6 - Tenho dois motores elétricos é possível reduzir perdas?
Motores elétricos como motores compressores tem características indutivas e precisam de energia reativa. Se estiverem instalados em locais onde existam ruídos (harmônica) as perdas por diminuição do rendimento são aumentadas. Logo em um motor pode-se ter perdas por reativos e por ruídos. Não se pode evitar perdas total em um motor, mas elas podem ser reduzidas e os benefícios desta redução pode perfeitamente ser utilizados também de forma útil.

7 - Tem algum equipamento que não tem perdas?
Sim equipamentos resistivos como torradeiras, aquecedores, chuveiros elétricos e outros não tem perdas se instalados em sistema sem ruídos (harmônicas) e neste caso toda potência paga é consumida. Se houver harmônicas no sistema, também haverão perdas.

8 - E como posso evitar estas perdas?
Através de verificação é possível medir e quantizar. Após saber realmente quanto se perde, pode-se aplicar correções para sua diminuição.

9 - Então eficiência energética é analizar e solucionar as perdas nos equipamentos?
É uma parte importante mas não é toda. Todos os prédios tem instalações elétricas. Fazer um diagnóstico das condições das instalações elétricas ajuda na redução de perdas. Este diagnóstico permite identificar os pontos de aquecimento por exemplo. Permite também determinar o balanço das cargas, se os condutores estão trabalhando em sobrecarga ou não. Condutores sobrecarregados sofrem aquecimento ou seja geram perdas. Você paga por elas. Alguns prédios possuem subestação própria com transformadores que são grandes geradores de perdas. Análise deste equipamento e aplicação de soluções reduzem muito o valor de perdas pagos mensalmente para o seu funcionamento.

10 - Então analise de equipamentos e reduzir perdas é o objetivo da eficiência?
Sim, mas como complementação, é examinado a operação dos equipamentos e a possibilidade de automatizar seu funcionamento. Vicio de operação também fazem parte da análise. Esgotado e resolvidos os pontos de perdas, se o objetivo for pagar menos energia, economizar, estuda-se alternativas como energia solar, eólica e até migração para o mercado livre ACL desde que a instalação atenda os requisitos para o procedimento.

11 - O que é mercado livre ACL?
A maioria os consumidores de energia, estão vinculados ao que se chama de ambiente cativo regulado (ACR), sujeito a aumentos repentinos, pagamento de bandeiras e diferença no custo de energia no horário de pico e fora do horário de pico e ainda de período seco ou úmido do ano. No mercado livre (ACL), você compra energia por preço fixo, que pode ser negociado, para uso a qualquer hora sem a incerteza do ambiente regulado. Isto é realizado através de um contrato de compra de energia onde se define, quantidade, preço, prazo, indice de reajuste. Para entrar no ACL um estudo detalhado faz-se necessário. Este estudo abrange análise do consumo passado e previsão de consumo futuro para verificar se realmente é vantajoso para o interessado. Com a inclusão no mercado livre, a possibilidade redução do custo de energia encontra-se entre 20% e 30% do consumo gasto no mercado regulado.

12 - Devo realmente me preocupar com eficiência energética?
Com os constantes aumentos de custos de todos os tipos de energia, desconsiderar a necessidade e o habito de evitar perdas, certamente terá um impacto cada vez maior no gastos mensais de todos nós. A empresa consumidora de energia elétrica de qualquer porte que optar por “perder menos", certamente conseguirá manter viável o preço de seus produtos ou serviços. No futuro próximo as concessionárias irão multar quem tiver perdas. Para tanto conforme normalização já se iniciou um processo de troca de medidores de energia mecânicos, por eletrônicos a partir do qual a multa prevista em lei será realizada.

CONTATO POR E-MAIL

Copyright 2018 - Registro CREA/RS 61245